Do Concretismo ao Pop

by

Mostra coletiva reúne pintura, serigrafia, fotografia e desenhos, ilustrando o Concretismo, Abstracionismo Informal, Neoconcretismo e Pop

Antonio Maluf, Sem Título, 1952 (Guache sobre Eucatex, 58,5 cm x 48,5 cm)

A Galeria Berenice Arvani inaugurou no último domingo a coletiva Do Concretismo ao Pop – anos 50, 60 e 70 organizada por Celso Fioravante. A mostra passa em revista de maneira informal três décadas que são referência para diferentes matrizes da arte brasileira, os anos 1950, 60 e 70, reunindo pinturas em acrílica e óleo, serigrafia, guaches, aquarelas, fotografias e desenhos.

A mostra coletiva tem obras de: Arnaldo Ferrari (óleo sobre papel), Alberto Teixeira (óleo sobre tela e aquarela), Antonio Maluf (guache sobre Eucatex), Danilo Di Prete (óleo sobre madeira e alumínio), German Lorca (fotografia), Hércules Barsotti (guache) Günter Schroeder (fotografia), Hermelindo Fiaminghi (óleo sobre tela), Irmgard Longman (guache), Ivan Serpa (guache), João José Costa (nanquim sobre cartão), Judith Lauand (óleo sobre tela), Lothar Charoux (óleo sobre tela e guache), Lygia Pape (serigrafia e desenho), Maurício Nogueira Lima (acrílica, aquarela, guache e óleo), Luiz Sacilotto (nanquim), Raymundo Colares (guache), Rubem Ludolf (nanquim), Rubem Valentim (acrílica) e Rubens Gerchman (guache).

Raymundo Colares, Sem-Título, 1966- Guache e lápis sobre papel, 53 cm x 79 cm)

“Essa reunião de obras evidencia não somente as tendências do período, mas suas rupturas internas e continuidades também observadas na produção das gerações seguintes”, atesta Fioravante.

A realização dessa mostra na Galeria Berenice Arvani se inscreve no trabalho contínuo de promoção e também de resgate de diferentes produções de matriz construtiva de artistas brasileiros. Desde 2006, a galeria vem sistematicamente trabalhando artistas de importante expressão como Alberto Ferrari, Antonio Maluf, João José da Costa, Judith Lauand e Rubem Ludolf através de mostras individuais, coletivas e também em feiras nacionais e internacionais.

Mira Schendel, Sem-Título, anos 1960- Desenho sobre papel, 20 cm x 15 cm)

:: Serviço ::

Evento: Do Concretismo ao Pop – anos 50, 60 e 70, mostra coletiva de artes visuais
Curadoria: Celso Fioravante
Período expositivo: de 07 de maio a 8 de junho de 2012

Galeria Berenice Arvani
Endereço: Rua Oscar Freire, 540, Jardim Paulista, São Paulo, CEP 01426-001
Tel.: (11) 3088 2843
Horários: de segunda a sexta, das 10 às 19h30
Entrada franca - www.galeriaberenicearvani.com

Veja outras imagens da exposição. Clique nas imagens para vê-las ampliadas.